autoimagem

O que é autoimagem? E como anda a sua?

A autoimagem é a forma como você vê a si mesmo em sua imaginação. Sua autoimagem é muito poderosa. Isso porque seu comportamento quase nunca se desvia da forma como você se enxerga em sua tela mental. Fica como uma programação (“verdade absoluta”), que seu sistema acessa constantemente e inconscientemente.

Assim, o sistema age como um tipo de profecia autorrealizável, dizendo a você como se comportar e agir de maneira consistente com o tipo de pessoa que você pensa que é. Entretanto, muitos nem percebem que possuem uma imagem de si mesmos, até o dia em que a procuram. autoimagem

Todos nós conhecemos pessoas que são bonitas e atraentes, mas que se acham feias, ou gordas demais, magras demais, velhas demais, jovens demais, etc. A lista de defeitos é interminável. Se você realmente acredita que não tem atrativos, acaba sabotando, de forma inconsciente, quaisquer tentativas de se fazer atraente. Como não representa a si mesmo em sua melhor forma e aparência, os outros acabam concordando que você não é atraente e a profecia se autorrealiza.

Estudos demonstram que um número impressionante de pessoas que ganha quantias de dinheiro em prêmios de loteria ou em uma herança inesperada tende a perdê-lo quase na mesma velocidade. Até o trabalhador comum, que luta para ganhar o próprio sustento, tende a desperdiçar seu salário se estiver recebendo mais do que acredita merecer. Esses indivíduos se sentem pouco à vontade com o dinheiro extra e o gastam, o emprestam ou encontram outra forma de esbanjá-lo.

O mesmo acontece com o corpo. Com a conquista de um novo corpo, se a pessoa não atualizar sua tela mental, permanecerá com a imagem anterior, tão denegrida no seu sistema. As pessoas que emagrecem rápido demais, os magros que se exercitam e ganham massa magra, mesmo estando numa condição melhor, com um corpo bonito, ainda se veem como foram um dia. Nos dois casos as imagens estão distorcidas, sendo necessário um reajuste, abrir espaço para a aceitação dos ganhos reais e não ficar comparando com um ideal construído de como quer ficar.

A maneira como você pensa em si mesmo também afeta o que os outros sentem a seu respeito. Como mais de 90% daquilo que comunicamos é inconsciente, aqueles com quem interagimos estão sempre reagindo à nossa linguagem corporal, ao nosso tom de voz e aos sinais emocionais que transmitimos. Mesmo que usemos palavras que soam positivas, podemos enviar uma mensagem verbal e outra completamente diferente por meio da linguagem corporal.

A maneira como você trata a si mesmo mostra às outras pessoas como devem tratá-lo.

Portanto, procure atualizar sua autoimagem por meio de evidências, não de achismo, como você é hoje, agora. Construa sua autoimagem de uma forma mais positiva. Deixe se ser tão crítico e cruel consigo mesmo. Há muitas coisas bonitas em você, descubra-as e desfrute!


Aceitação é o primeiro passo para concretizar a mudança!

#PENSENISSO

Comentários

There is no ads to display, Please add some

Publicado por

facebook-profile-picture

Káthia Regina

Káthia Regina é pós graduada em Psicoterapia Breve, Cognitiva Comportamental e Psicossomática. Mestre em Psicologia da Saúde, Doutora em Neurociência e Especialista em EMDR (Traumas). Possui trabalhos desenvolvidos em ambulatório FMUSP e FMABC. Adora a profissão, dá ênfase ao bem-estar, satisfação e qualidade de vida. Seu objetivo é complementar e ampliar o potencial humano em sua concepção de ser, mente e corpo. Email: kathia4fitclub@gmail.com Instagram: @kathia4fitclub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>