ceia-de-natal

Festas de final de ano: o que fazer com a minha alimentação?

E o fim de ano chegou, com todas as confraternizações, comilanças, tudo o que tira alguém da linha da dieta. As tentações estão em todos os lugares, na mesa do natal, na ceia do ano novo… Mas o que fazer para não estragar tudo o que foi construído com tanto esforço por tanto tempo?

É tradição no Natal montarmos aquela mesa de ceia recheada de coisas que não temos o costume de consumir durante o resto do ano. Encontramos nela o tender, peru, chester, farofas, arroz temperado, entre outros, assim como inúmeras sobremesas. Por ser uma refeição única no ano, é possível manter essa tradição, mas sempre lembrando da principal ideia da dieta ou reeducação alimentar: o CONTROLE.

No dia da comemoração podemos seguir a dieta à risca ao longo do dia. E no momento da ceia aproveitar essa refeição tão especial com a família, mas de forma controlada. Uma pequena quantidade de cada alimento para experimentar, ou saborear aquele prato que consumimos uma vez por ano, não irá fazer mal a ninguém (a não ser que a pessoa seja atleta, e precise da dieta sempre em dia). Lembre-se de se controlar também nas tentações das sobremesas.

Mas além de todo esse controle podemos levar opções saudáveis à mesa do natal e ano novo!

 Porque não substituir o arroz branco pelo arroz integral? Podemos adicionar mais fibras e nutrientes a ele também.  Que tal nozes? Elas já são famosas nas mesas de fim de ano e vão agregar ainda mais nutrientes e sabor, além de ajudar nos nossos vasos sanguíneos, controlando a pressão.

E aquela farofa deliciosa que acompanha o peru? Que tal trocarmos o bacon por amêndoas? Dessa maneira mantemos a crocância e agregamos valores nutricionais, diminuindo ainda as gorduras.

Para deixar a mesa mais bonita e colorida, cheia de fibras e vitaminas, podemos investir em uma salada colorida, e bem enfeitada, afinal comemos também com os olhos, não é? E como tempero, nada melhor do que um vinagre de frutas, incluindo ainda mais vitamina C no nosso cardápio.

Evite também adicionar molhos prontos às carnes. Tente temperar com temperos mais naturais, como ervas secas, salsa, limão, pimentas, alho, cebola, e controle sempre o sal.

Cuidado com as bebidas alcoólicas, que nos trazem calorias vazias, ou seja, o valor calórico da refeição aumenta mas as vitaminas, minerais, proteínas não. A cada grama de álcool ingerimos 7 calorias, perdendo apenas para gordura que são 9 calorias. ‘

Atitudes simples como essas deixam as festas de fim de ano mais saudáveis! Tente levar essa ideia para seus parentes e amigos. Uma refeição saudável sempre cai bem e você não se arrependerá depois :)

Comentários

There is no ads to display, Please add some

Publicado por

facebook-profile-picture

Nathália Espin

Nathália Espin, 23 anos, formada em Nutrição e pós-graduada em Bases Nutricionais do Esporte – Nutrição Esportiva. Atua na área de Nutrição Clínica com esportistas e atletas de diversas modalidades, além de crianças, obesos, gestantes, idosos, ou seja, todos aqueles que buscam melhora na qualidade de vida. Apaixonada pelas incríveis transformações que uma boa alimentação é capaz de fazer na saúde, mente e corpo. Email: nutri.espin@gmail.com Instagram: @nutriespin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>