image4

Acupuntura Auricular

Nascida na mesma época da acupuntura sistêmica, aquela com agulhas em pontos específicos do nosso corpo, esse tipo de acupuntura, aplicada nas orelhas, trás ótimos benefícios de uma maneira prática e rápida.

A auriculoterapia é baseada na Medicina Tradicional Chinesa e também considerada uma terapia alternativa pela Organização Mundial da Saúde.

 

Essa ténica faz de nossa orelha um microssistema, em que todo nosso corpo é representado por diversos pontos que, quando estimulados por meio de combinações, promovem um reequilíbrio de todo o nosso corpo físico e energético.
Essas estimulações podem ser feitas com semente de mostarda ou pequenas agulhas que ficam em nossa orelha para serem estimuladas diversas vezes ao dia.

image

Por tratar nosso corpo físico e energético a auriculoterapia abrange uma grande lista de benefícios:
– Alívio de dores agudas e crônicas;
– Insônia e distúrbios do sono;
– Ansiedade;
– Tratamento de vícios;
– Distúrbios gástricos e intestinais.

Profissionais de diversas áreas podem atuar com este método desde que tenham a devida capacitação. Pergunte à pessoa! Isso nunca será uma ofensa ao profissional. Sua saúde merece respeito.

Grande abraço!

Comentários

There is no ads to display, Please add some

Publicado por

facebook-profile-picture

Everton Araújo

Everton Araújo é Fisioterapeuta e Treinador Funcional da Seleção Brasileira de Natação Paraolímpica. Trabalha com Pilates e Reprogramação Biológica. Ex atleta de natação, amante de todos os esportes, adora exercícios ao ar livre em parques e praças. Curte cozinhar, toca violão nas horas vagas, aprecia uma boa leitura e preza muito pelos relacionamentos. Ouve todos os tipos de música e curte uma boa leitura. Vai agregar ao time trazendo dicas e maneiras de melhorar a qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>